Arquivo de tag morte

Vídeo: Tarcísio Meira deixou mais que saudade, deixou uma história inesquecível

Olá, pessoal, tudo bem?

O escritor, jornalista e produtor do canal Café com Flores, Leandro Flores fez uma linda homenagem ao grande e inesquecível ator, diretor, Tarcísio Meira que morreu na última quinta-feira (12/08), vítima do Covid/19.

Tarcísio foi um Ícone da dramaturgia e um dos maiores galãs da história do Brasil, ele estava internado na UTI do (hospital) Albert Einstein. Ator e sua esposa, a atriz Glória Menezes, de 86 anos, deram entrada no hospital em 6 de agosto; segundo o último boletim informado é que ela deve ter alta em breve.

Bom, estamos na torcida, né, para que a Glória de Recupere logo e lamentamos profundamente a morte desse gigante da dramaturgia brasileira.

Foto: Divulgação

Paulo Gustavo fez história no cinema brasileiro; veja lista de filmes

Trilogia ‘Minha mãe é uma peça’ faz sucesso desde 2013, quando o primeiro filme foi lançado

Paulo Gustavo fez história no cinema brasileiro com a trilogia Minha mãe é uma peça – o terceiro longa se tornou a maior bilheteria nacional. A seguir, confira destaques na filmografia do ator:

2013
MINHA MÃE É UMA PEÇA – O FILME
Adaptação da peça que levou milhares de pessoas aos teatros, o longa acompanha Dona Hermínia (Paulo Gustavo), mulher de meia-idade com filhos já crescidos preocupada em ter uma ocupação. Sem trabalho e sem companheiro, ela passa o tempo desabafando com a tia idosa, a vizinha fofoqueira e a amiga confidente. O elenco traz Herson Capri, Ingrid Guimarães, Mariana Xavier, Rodrigo Pandolfo e Suely Franco. André Pellenz assina a direção. O longa ultrapassou 4,6 milhões de espectadores, faturando R$ 45,3 milhões no ano de seu lançamento.

Filme minha mãe é uma peça paulo gustavo café com poemas
Foto: Divulgação/Filme: Minha mãe é uma peça


2014
OS HOMENS SÃO DE MARTE… E É PRA LÁ QUE EU VOU
Fernanda (Mônica Martelli), de 39 anos, organiza cerimônias de casamento. Solteira e devota do amor, está à procura do par perfeito. Vive às voltas com suas dúvidas sobre o comportamento masculino. Paulo Gustavo faz o papel de Aníbal, confidente de Fernanda. Direção de Marcus Baldini e Marcus Vinícius. O elenco reúne também Daniele Valente, Eduardo Moscovis, Humberto Martins, José Loreto e Marcos Palmeira. A comédia ultrapassou 1,8 milhão de espectadores.

Cena do filme 'Os Homens são de Marte ... e é pra lá que eu vou' Divulgação/Café com Poemas
Cena do filme ‘Os Homens são de Marte … e é pra lá que eu vou’ Divulgação/Café com Poemas


2015
VAI QUE COLA – O FILME
Vítima de um golpe, Valdomiro (Paulo Gustavo) se muda da Zona Sul carioca para o subúrbio, a pensão da Dona Jô, no Meier. Quando ele recupera sua cobertura no Leblon, tem de levar para lá os moradores da pensão. O elenco conta com Cacau Protásio, Catarina Abdalla, Emiliano D’Avila, Fernando Caruso, Fiorella Mattheis, Marcus Majella e Samantha Schmütz. César Rodrigues assina a direção. O longa ultrapassou 3 milhões de espectadores.

VAI QUE COLA – O FILME PAULO GUSTAVO CAFÉ COM POEMAS
VAI QUE COLA – O FILME/DIVULGAÇÃO


2016
MINHA MÃE É UMA PEÇA 2
No longa dirigido por César Rodrigues, a vida de Dona Hermínia (Paulo Gustavo) vira de ponta-cabeça quando ela descobre que os filhos querem sair de casa. O elenco reúne Mariana Xavier, Patricya Travassos e Rodrigo Pandolfo, entre outros atores. O longa ultrapassou 9,3 milhões de espectadores, faturando mais de R$ 123,8 milhões.

Filme: Minha mãe é uma peça 2 (Imagem/Reprodução)
Filme: Minha mãe é uma peça 2 (Imagem/Reprodução)


2018
MINHA VIDA EM MARTE
Sequência da comédia romântica lançada em 2013. Fernanda (Mônica Martelli) enfrenta a crise conjugal e tem o apoio de Aníbal (Paulo Gustavo), sócio e amigo fiel. Direção de Susana Garcia. O elenco reúne Marcos Palmeira, Ricardo Pereira, Fiorella Mattheis e Lucas Capri, entre outros. O longa ultrapassou 5,3 milhões de espectadores.

minha vida em marte paulo-gustavo café com poemas
Foto: Divulgação


2019
MINHA MÃE É UMA PEÇA 3 
Dona Hermínia (Paulo Gustavo) recebe duas notícias: Marcelina está grávida de um rapaz que mal conhece e Juliano ficou noivo. Sofrendo ao perceber que os filhos vão formar as próprias famílias, ela decide se empenhar nos preparativos para o casamento. Com o apoio da diarista Waldeia e suas irmãs Iesa e Lucia Helena, a matriarca terá que driblar a sogra do filho, além de lidar com as novas investidas do ex-marido Carlos Alberto. Direção de Susana Garcia. O elenco reúne Rodrigo Pandolfo, Mariana Xavier, Samantha Schmütz, Herson Capri, Patricya Travassos e Alexandra Richter. O longa ultrapassou 11,4 milhões de espectadores, faturando mais de R$ 143,8 milhões.

minha mãe é uma peça 3 café com poemas paulo gustavo
Foto: Duvulgação

(crédito da foto da imagem principal: Jessica Perez/Divulgação)

Fonte: Correio Braziliense

Morre Paulo Bonavides, jurista brasileiro e professor emérito da UFC

351views

O jurista brasileiro e professor emérito da Universidade Federal do Ceará (UFC), Paulo Bonavides, morreu aos 95 anos, nesta sexta-feira, 30. Ainda não se sabe a causa da morte. O anúncio foi feito pelo atual reitor da universidade, Cândido Alburquerque, que lamentou a morte do colega. “O mundo perdeu o seu maior constitucionalista! A Universidade Federal do Ceará está de luto! Com muito pesar cumpro o dever de comunicar o falecimento do Prof. Paulo Bonavides”, escreveu Albuquerque no Facebook.

Paulo Bonavides nasceu em 10 de maio de 1925, em Patos, na Paraíba. Filho de Fenelon Bonavides e Hermínia Bonavides, foi casado com Yeda Satyro Benevides e deixa sete filhos: Paulo, Márcio, Clóvis, Vera, Gláucia, Doralice e Amarília.

➤ Leia também:

História

Paulo Bonavides é um destacado jurista brasileiro, lecionando por três décadas na Universidade Federal do Ceará, onde era professor emérito desde 1991. Um dos constitucionalistas mais respeitados do País, é autor de (dentre várias outras obras) Ciência Política e Curso de Direito Constitucional, duas das doutrinas mais tradicionais do pensamento jurídico brasileiro. Iniciou seus estudos jurídicos, em 1943, na Faculdade Nacional de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ, onde bacharelou-se em 1948. Durante a graduação, cursou também a Harvard University, entre 1944 e 1945.

Sua influência no pensamento jurídico nacional e internacional o levou a inúmeras condecorações, sendo Doutor honoris causa pela Universidade de Lisboa, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidad Nacional de Córdoba, Universidad Inca Garcilaso de la Vega e Universidade de Fortaleza. Também é comendador das maiores honras jurídicas do cenário nacional, a Medalha Rui Barbosa da Ordem dos Advogados do Brasil e a Medalha Teixeira de Freitas do Instituto dos Advogados Brasileiros, além de várias outras, como o Grande-Colar do Mérito do Tribunal de Contas da União, a Medalha da Abolição do Governo do Estado do Ceará, a Medalha Clóvis Beviláqua doTribunal de Justiça do Estado do Ceará etc.

Sobre a obra de Paulo Bonavides, existem várias fontes a serem consultadas, destacando-se a sua biografia: “Paulo Bonavides”, escrita por Antônio Carlos Klein (Fortaleza, Edições Demócrito Rocha, 2003); e a tese do professor Dimas Macedo: ‘”El Pensamiento Político de Paulo Bonavides”‘ (México: Universidade de Puebla, 2010), publicada no Brasil pela Editora Malheiros, de São Paulo, com o titulo: “Estado de Direito e Constituição – O Pensamento de Paulo Bonavides”. As informações sobre a biografia de Bonavides são do site especializado Jusbrasil.

Fonte:  Jornal Opovo