Categoria Antonio Santana

Antônio Santana – O que é cultura?

Cultura também definida em ciências sociais, aprendidas de geração em geração através da vida em sociedade.

No Brasil, não é somente necessário garantir os Direitos Fundamentais dos cidadãos pela Constituição Federal de 1988, como também o Poder Público deve oferecer – lhes as demais condições para exercê – los. Portanto, é interessante compreender que cultura nos apresenta vários conceitos. Como: “Todo complexo que inclui o conhecimento, a arte, as crenças, a lei, a moral, os costumes e todos os hábitos e aptidões adquiridos pelo ser humano não somente na família, como também por parte de uma sociedade da qual é membro”. Cultura também definida em ciências sociais, aprendidas de geração em geração através da vida em sociedade.

No entanto, o que se pode observar é tamanha dificuldade encontrada nas prefeituras de cidades do interior do Brasil, a exemplo de Condeúba, na Bahia, quando se trata de investimentos à Cultura. São milhares de crianças, adolescentes, jovens e também adultos que procuram desenvolver as suas habilidades na arte, nos esportes, na cultura e na literatura, porém, não conseguem nenhum tipo de suporte técnico e apoio financeiro do Poder Público Municipal.

Vale ressaltar, que tanto a Filosofia quanto a Sociologia, conceituam à Cultura intrinsecamente relacionada ao comportamento e ao convívio do homem na sociedade.

Nessa perspectiva, se percebe angústias, decepções e insatisfações por parte dos artistas profissionais e amadores ou em formação que querem produzir arte, mas não conseguem desenvolver suas habilidades e/ou talentos por ausência de políticas públicas de governos que não ofertam a esta categoria.

Nesse sentido, torna-se cada vez mais difícil repensar ou reescrever a história do Brasil, sem passar por uma educação que se proponha a trabalhar na transformação intelectual dos indivíduos através da leitura, da arte e da literatura.

Abrindo novos caminhos para formar cidadãs e cidadãos humanamente melhores, politizados, conscientes de seus direitos e deveres para com a sua Pátria, visando uma sociedade crítica, solidária e fraterna para todos.

 

 

Antônio Santana
Professor, escritor e poeta.
Condeúba – Bahia

Antonio Santana é também Coordenador do Mov. Café com Poemas em Condeúba/BA

Antônio da Cruz Santana nasceu na cidade de Saubara, na Região do Recôncavo Baiano, em 9 de abril de 1971. Em sua cidade natal, fez o curso primário, na Escola Estadual Professor Caio Moura, e o ginásio, no Centro Educacional Cenecista de Saubara.

Leia mais…

O desejo de estar com você: Antônio Santana

Especial dia dos Namorados

Quantas vezes eu penso em você,
Quantas vezes eu sofro sem você.
Ah, os teus carinhos e os teus beijos,
A tua pele macia como algodão!
O teu rosto liso e quente como uma semente,
A tua boca ardente por um beijo meu.
Os teus olhos a brilharem de amor,
E o meu corpo a estremecer de tanto prazer.
De estar a cada dia mais perto de você,
De lhe agradecer por viver e tudo por me fazer.
O nosso amor acontecer para valer,
De poder me apaixonar de vez por você.
Poder chorar a sua ausência sem paciência,
Daquela vontade danada de o dia amanhecer.
Somente para eu ligar para você,
De poder te amar com todo o prazer.
De adormecer no interior do teu amadurecer,
Com o orvalho de um dia a felicidade corresponder.
Enquanto eu me preparo para te receber,
De viajar pelo teu corpo inteiro e nos teus seios me perder.
De desejar em todos os momentos do nosso prazer,
Em todos os dias poder dormir e acordar com você.

Feliz Dia dos Namorados!

Antônio Santana,
Escritor e Poeta.

 

Foto: Pixabay

HOMENAGEM AO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

HOMENAGEM AO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Vamos refletir e observar
Como a cidade pode se estruturar
Com o meio ambiente limpo e sadio
Podemos ainda salvar o rio.

Com uma educação ambiental
Funcionando de verdade
Tem-se alimento com qualidade
Para atender toda a sociedade.

Educação e consumo sustentável
Preparam melhor a grande cidade
Para lidar com a sociabilidade
Com políticas públicas de responsabilidade.

A energia gerada na comunidade
Para servir a toda a popularidade
Que mora no campo e na cidade
Para servir com mais liberdade.

A criança ao estudar
Garante um bom futuro plantar
Onde o jovem possa trabalhar
Para o seu país transformar.

A Educação Ambiental,
Praticada na fazenda ou no quintal,
Serve para alimentar o homem e o animal
Desde o modo primitivo ao modelo industrial.

Antônio Santan

 

Antonio Santana é também Coordenador do Mov. Café com Poemas em Condeúba/BA

Antônio da Cruz Santana nasceu na cidade de Saubara, na Região do Recôncavo Baiano, em 9 de abril de 1971. Em sua cidade natal, fez o curso primário, na Escola Estadual Professor Caio Moura, e o ginásio, no Centro Educacional Cenecista de Saubara.

Leia mais…

Poetas homenageiam a cidade de Condeúba

A cidade, localizada no interior da Bahia, completou nesta quinta-feira, dia 14/05/2020, 159 anos de emancipação política

Em comemoração aos 159 anos de emancipação política da cidade de Condeúba, interior da Bahia, os poetas Leandro Flores e Antônio Santana fizeram homenagens a essa encantadora cidade, confira:


 

 

 

BEM VINDO À CONDEÚBA

 

Declaro o meu amor

A esse lugar tão encantador

Que se chama Condeúba.

Cidade mãe, cidade linda,

Para quem já conhece.

Para quem não conheceu ainda,

Condeúba tem muito a nos ensinar.

Sua história, seu povo,

Sempre tem algo a contar.

Venha visitar Condeúba,

Você vai se apaixonar.

Pela cultura, pela história,

Pela beleza desse povo:

Grande de alma e coração.

Condeúba é uma joia perdida,

Escondida nas entranhas

Desse imenso sertão.

(Leandro Flores)

Condeúba é a cidade de coração do poeta. Foi lá onde Leandro passou a maior parte de sua vida e escreveu suas mais belas histórias, como no texto acima, escrito em 2014, evidentemente, sem o clima de “porteira fechada”, como este que estamos vivendo por conta da COVID-19. Mas, de toda forma, passado essa fase ruim, certamente a cidade terá o maior prazer em receber as pessoas, sempre com boas-vindas, igualzinho no poema.

Leandro Flores é fundador e produtor dos Projetos ligados ao Café com Poemas.

 

Jornalista, Sertanista, Comendador, Poeta, Editor de Livros e Revistas e Designer Gráfico. Leandro é autor dos livros “Sorriso de Pedra – A outra face de um Poeta” e “Portfólio: Traços e Conceitos”.

É membro-fundador da Academia de Letras do Sertão Cultivista, membro da CAPPAZ – Confraria Artistas e Poetas pela Paz, além de outras instituições Acadêmicas pelo país. Também é Coordenador e Idealizador do Movimento Cultivista Brasileiro e do Projeto Cartas e Depoimentos. Já fez participações em dezenas de antologias poéticas, além de ORGANIZAR e AUXILIAR outras publicações. Leia mais…

 


Antônio Santana
Também, quem homenageou Condeúba foi o poeta Antônio Santana, nosso coordenador local do Movimento Cultivista (Café com Poemas). Morador da cidade há vários anos, Santana é um declarado amante da cidade. Escreveu vários livros e é um incansável articulador cultural na região. Confira a homenagem: 

 


 

 

CONDEÚBA

Do chão seco sem chuva
Da mata verde como uma uva
Do inverno que chega sem chuva
Do verão sem vento com resfriamento.

A primavera dos bons momentos
Um rio que seca sem ressentimento
Um convite de casamento
A tradição dos velhos tempos.

O barro seco do esgotamento
O discurso do juramento
Da barragem de cimento
Condeúba do meu pensamento.

Da mata sem idade
Do povo da saudade
Do baile da terceira idade
No Centro Cultural da cidade.

(António Santana)

 

 

 


 

homenagem santana a Condeúba poeta café com poemas

homenagem santana a Condeúba poeta café com poemas

 

Antonio Santana é também Coordenador do Mov. Café com Poemas em Condeúba/BA

Antônio da Cruz Santana nasceu na cidade de Saubara, na Região do Recôncavo Baiano, em 9 de abril de 1971. Em sua cidade natal, fez o curso primário, na Escola Estadual Professor Caio Moura, e o ginásio, no Centro Educacional Cenecista de Saubara.

Leia mais…

Leia também:

1º Encontro do Movimento Cultivista (Café com Poemas) em Condeúba/Ba

No dia 17 de janeiro, aconteceu mais um Encontro do Movimento (ao Cultivismo) CAFÉ COM POEMAS de Condeúba/BA.

Em uma Confraternização recheada de boas-vindas aos trabalhos de 2020, os membros atuantes Políbio César e Regina Célia proporcionaram aos participantes uma noite agradável e muito aconchegante em sua casa, pela qual, todos se alegraram.

Dando início à programação, o Coordenador Antônio Santana agradeceu a participação de todos e os convidou para se deliciar e apreciar momentos culturais como estes em nome do Movimento Café com Poemas a fim de resgatar a sensibilidade e fortalecer a cultura literária em nosso município.

Regina Célia e Políbio, no momento de fala, agradeceram a presença de todos e em especial, de três alunas que aceitaram o convite para recitar poesias do Sarau Literário Fundo de Quintal, promovido por ela, no Colégio Alcides Cordeiro.

Em seguida, foi a vez da POESIA tomar o seu lugar, com muito encanto poético e reflexões filosóficas que, espontaneamente, foram surgindas, retiradas das obras dos poetas: Mário Quintana, Bráulio Bessa, Cora Coralina, etc… E não poderia faltar também, as poesias dos nossos Poetas locais: Leandro Flores, Edson Silveira, Antônio Santana, Mariana Penides, além, de poesias da obra literária do Projeto Revelando Escritores do município de Condeúba, através dos idealizadores: Jovino Coutinho, Ângela Cruz, Antônio Santana e Laurita Sousa.

Texto escrito por Mariana Penides

Confira algumas fotos:

Movimento Café com Poemas realizou 1º Sarau Literário em Condeúba

Quarta / 26.09.2018 – Por Redação Sertão Hoje

O Movimento Café com Poemas de Condeúba promoveu, na noite do último sábado (22), o 1º Sarau Itinerante de Poesia no distrito de Mandaçaia de Cordeiros, no município de Condeúba. O evento, organizado pelo professor, escritor e poeta Antônio da Cruz Santana e pela embaixadora da poesia Mariana Penides Oliveira Martins, aconteceu em uma das salas da Escola Municipal Aristides Carvalho e contou com a ilustre presença do Escritor e Poeta Edson Silveira, bem como a participação de estudantes, professores, diretores de escolas, convidados e público presente em geral. O Movimento protagonizou uma belíssima noite de arte literária com declamações e recitais de Poemas e Poesias, bate-papo, momentos de reflexões socioculturais e educacionais, dentre outras ações concretas que ocorreram dentro da programação.

Os organizadores proferiram agradecimentos a todos os convidados e membros que participaram e dedicaram-se para a realização desta noite, mas em especial, também agradeceram a Leandro Flores, idealizador do projeto. “Aproveitamos desse espaço, para agradecer ao nosso grande idealizador do Projeto Café com Poemas em Condeúba, o nosso Escritor e Poeta Leandro Flores, que tem nos acompanhado e orientado mesmo estando residindo em Salvador. Agradecemos imensamente aos membros do Projeto Movimento Café com Poemas, pela dedicação e pelo apoio nas reuniões ordinárias, nos eventos aos quais são solicitados e aos nossos queridos convidados especiais desta noite”.

O “Café com Poemas” é uma ideia que tem como busca, o equilíbrio entre a promoção da cultura, através de Projetos Sociais que visam agregar poetas e poesia em um movimento de identidade sociocultural e educacional, seja em atividades em outros ramos de atuação, como organização de eventos, serviços editoriais, jornalismo, design, culinária, etc. Ou seja, o Café com Poemas é um “guarda-chuva” para diversas atividades culturais, artísticas e educacionais, além das publicações editoriais, entretenimento e média.

Movimento Café com Poemas de Condeúba – Mensagem de Ano Novo aos Membros

Caríssimos,
Em nome da Coordenação do Movimento ao Cultivismo Café com Poemas de Condeúba – BA, venho, respeitosamente, agradecer imensamente a todos vocês que durante o ano de 2019, participaram e muito contribuíram para a cultura e a literatura  condeubense e regional. Esperamos que neste ano que ora se inicia, possamos difundir ainda melhor os nossos trabalhos culturais e literários para que possamos mais uma vez alcançar êxitos, e proporcionar à Comunidade novos projetos de leitura por meio da nossa literatura.


A todos vocês, o nosso muito obrigado!

Antônio Santana

Mariana  Penides

Coordenadores 

Movimento do Café com Poemas em Condeúba realiza mais um encontro

Foi realizado nesta noite de sábado dia 26 de outubro de 2019, mais um evento do Movimento Café com Poemas. Desta vez, o encontro foi no Salão Coluna Prestes no prédio da antiga Intendência.

O coordenador do Movimento Café com Poemas em Condeúba, o poeta Antônio Santana, fez a abertura do encontro com uma oração…

Em seguida, Santana agradeceu a todos pela presença e fez um relato sobre os objetivos deste movimento, que é proporcionar nos encontros, um pouco de distração para as pessoas, mostrar o quão é lindo uma poesia, um poema, enfim, a arte do recital, a conversa com as letras e pelas letras.

➤  Confira:

Sobre o Projeto

Manifesto ao Cultivismo

Nesse mesmo diapasão, o Poeta Santana deu-se início aos trabalhos recitando o Poema, “O homem; as viagens”, de autoria de Carlos Drummond de Andrade. Este poema é provocante e no recital de ontem não foi diferente, pois, os membros do movimento ali presentes, fizeram a mesma reflexão sobre o tema…

Dando prosseguimento aos trabalhos, foram sendo recitados poemas e poesias com diferentes autores e público ali presente.

Foi nessa pegada MAIÚSCULA, que aconteceu o encontro do “Movimento Café com Poemas”, na noite de ontem, ao término do encontro, ficou com o sabor de quero mais!!!

Fotos e Reportagem: Oclides da Silveira/JFC

Confira a reportagem completa e mais fotos no site JFC

Homenagem ao dia do Professor

SER PROFESSOR

Ser professor é:
Acima de tudo um pai, um educador;
É ser um orientador, um construtor de sonhos,
Em meio a tantas dificuldades;
É um sonhador de uma sociedade mais justa
E humana para todos que nela habitam;
É ser um formador de caráter, de ideias e de opiniões;
É um ser que auxilia na formação de mestres e doutores,
Para o percurso da vida pessoal e profissional;
Ser professor é um dom, uma arte e o prazer de ensinar,
Aprendendo com os seus alunos no cotidiano da escola;
Ser professor é árduo mais é história;
Ser professor é um título nobre, uma profissão e um sacerdócio,
Gravado na memória de uma sociedade;
Ser professor é como a presença de um pai e de uma mãe
Orientando seus filhos no seio de uma escola;
Ser professor é ser um instrumento de libertação para salvar uma nação.

Antônio Santana,
Professor e poeta.

Siga-nos no Instagram Facebook