Categoria Mariana Penides

Mariana Penides | Pandemia (Poesia)

Enquanto o sono não vem,
Sinto-me na obrigação
De externar o que vejo
Sobre essa pandemia
Que tomou conta do mundo.
É estranho falar disso,
Em forma de poesia
Mas, é a forma que eu encontro
Para compreender
O que o meu coração pedia.
Com o passar do tempo,
Aos meus vinte e poucos anos,
Reconheço que nada vi parecido.
É com muito desencanto
Que, com o passar do tempo,
Parece que tudo vai piorando.
Sinto um buraco sem fundo.
Pessoas morrendo por dentro,
Vontade de gritar para o mundo
Que nada disso é passageiro.
Se as pessoas
Não se curarem primeiro.
Ora, mas essa doença é fatal
Ela mata, corrói, destrói,
Deixa as suas marcas
E uma cicatriz profunda
Que dói, mata e corrói.
Um ciclo vicioso que está presente,
Desde quando o mundo é mundo.
Esse vírus não chegou agora.
Tem bem mais que dois anos.
Parece que a humanidade vive doente,
Não agora no presente,
Mas no passado e futuro.
A falta de amor é como um veneno.
Se não houver um antídoto,
Ou uma vacina,
Não haverá solução.
Haverá chacina.
Temos que nos apressar.
Nosso tempo não espera.
Mas quando menos se espera,
Lembramos que sempre existiu
Uma dose única, capaz de curar.
A vacina sempre existiu
Para esse tipo de pandemia.
Basta conseguirmos olhar
De dentro para fora,
Que de fora pra dentro,
Uma dose de empatia
É capaz de amar.

Mariana Penides
Condeúba/Ba.

Amantes da lua cheia

Seja como a lua
Ilumine caminhos
Aprecie o seu brilho
Sonhe como a lua cheia
Agradeça por estar vivo
Ame todas as suas fases
Sinta tudo em cada detalhe
E de estação para estação
Entenda que a lua
É sempre linda
De qualquer ângulo ou
Em qualquer ocasião.

Condeúba/Ba
Mariana Penides

 

 

 

 

 

Mariana, também atua como mentora (coordenadora) do Movimento Café com Poemas de Condeúba, desde 2017.

Mariana Penides Oliveira Martins é uma amante da cultura e da arte, também atua como mentora (coordenadora) do Movimento Café com Poemas de Condeúba, desde 2017, através do convite do seu primo, o poeta Leandro Flores.

Recebeu em agosto de 2018, o título de “Embaixadora da Poesia” pela ORDEM FEDERATIVA DE HONRARIAS AO MÉRITO, em reconhecimento aos trabalhos em prol da Arte e Cultura em Condeúba e região e em 2019, participou da Antologia Poética – Café com Poemas, vol. II.

Leia mais….

1º Encontro do Movimento Cultivista (Café com Poemas) em Condeúba/Ba

No dia 17 de janeiro, aconteceu mais um Encontro do Movimento (ao Cultivismo) CAFÉ COM POEMAS de Condeúba/BA.

Em uma Confraternização recheada de boas-vindas aos trabalhos de 2020, os membros atuantes Políbio César e Regina Célia proporcionaram aos participantes uma noite agradável e muito aconchegante em sua casa, pela qual, todos se alegraram.

Dando início à programação, o Coordenador Antônio Santana agradeceu a participação de todos e os convidou para se deliciar e apreciar momentos culturais como estes em nome do Movimento Café com Poemas a fim de resgatar a sensibilidade e fortalecer a cultura literária em nosso município.

Regina Célia e Políbio, no momento de fala, agradeceram a presença de todos e em especial, de três alunas que aceitaram o convite para recitar poesias do Sarau Literário Fundo de Quintal, promovido por ela, no Colégio Alcides Cordeiro.

Em seguida, foi a vez da POESIA tomar o seu lugar, com muito encanto poético e reflexões filosóficas que, espontaneamente, foram surgindas, retiradas das obras dos poetas: Mário Quintana, Bráulio Bessa, Cora Coralina, etc… E não poderia faltar também, as poesias dos nossos Poetas locais: Leandro Flores, Edson Silveira, Antônio Santana, Mariana Penides, além, de poesias da obra literária do Projeto Revelando Escritores do município de Condeúba, através dos idealizadores: Jovino Coutinho, Ângela Cruz, Antônio Santana e Laurita Sousa.

Texto escrito por Mariana Penides

Confira algumas fotos:

Conheça Mariana Penides

Mariana Penides Oliveira Martins é uma amante da cultura e da arte, também atua como mentora (coordenadora) do Movimento Café com Poemas de Condeúba, desde 2017, através do convite do seu primo, o poeta Leandro Flores.

Recebeu em agosto de 2018, o título de “Embaixadora da Poesia” pela ORDEM FEDERATIVA DE HONRARIAS AO MÉRITO, em reconhecimento aos trabalhos em prol da Arte e Cultura em Condeúba e região e em 2019, participou da Antologia Poética – Café com Poemas, vol. II. 

Ela é graduada em Gestão em Serviços Jurídicos e está como Coordenadora do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) do município de Condeúba/BA.