Categoria Notícias

Neymar se desespera e chora após perder mais de R$ 5 milhões; entenda

A sorte não anda ao lado de Neymar Jr. O jogador do Paris Saint-Germain acabou perdendo cerca de 1 milhão de dólares após abrir uma live na Twitch durante um jogo em um site de apostas.

Durante a transmissão ao vivo, os amigos do jogador tiraram sarro do azar e até chegaram a tocar a música temática do filme “Titanic”, na brincadeira. Então, entrando na piada, Neymar fingiu um choro e firmou que conseguiu “ir de um milhão para zero em 60 minutos”.

“Vou fazer um vídeo no YouTube sobre isso”, brincou o jogador ainda. Confira o momento em que o jogador percebe que perdeu cerca de 5 milhões de reais:

Entretanto, para muitos internautas, toda a situação não se passou de uma jogada de marketing do site de apostas no qual Neymar estava se apresentado. De acordo com as teorias da web, o objetivo seria mostrar as apostas milionárias dos famosos — e suas perdas — para mais pessoas engajarem na plataforma. Será?

Neymar Jr. alfineta haters na web

Durante a Copa do Mundo, Neymar Jr usou suas redes sociais para rebater os haters, após ser criticado por torcedores brasileiros mesmo fora de campo. Republicando no Instagram um post originalmente feito pelo jogador de basquete norte-americano LeBron James, o atleta brasileiro escreveu em seu perfil:

“Não é o crítico que conta; não é o homem que aponta como o homem forte tropeça, ou onde o realizador de ações poderia ter feito melhor. O crédito pertence ao homem que está realmente na arena, cujo rosto está manchado pela poeira e suor e sangue; que se esforça bravamente; que erra, que fica aquém de novo e de novo, porque não há esforço sem erro e falha”

Fonte: Portal MSN

Leandro Flores: Bate-papo na Escola Municipal Jovino Coutinho em Condeúba/BA

Por: Leandro Flores

Uma tarde gostosa para falar de poesia e outros assuntos. O local do encontro foi no Colégio Municipal Jovino Coutinho, no povoado do Riacho Seco, município de Condeúba/BA. O convite partiu do  amigo, professor e coordenador, Rubens Ribeiro dos Santos. Lá fui recepcionado por ele, pela diretora Valdecarmem de Brito e demais professores, funcionários e alunos. Foi uma experiência marcante. Primeiro porque pude falar um pouco de mim, da vida, da minha trajetória.  Passar alguma coisa que trouxesse algum significado para aqueles alunos (que ouviram e interagiram a cada palavra). Segundo porque, eventos assim na minha região são mais do que significativos para mim. Lembrou-me uma outra apresentação que fiz no ano de 2018, no Colégio Adelmário Pinheiro, região da Feirinha, também no município de Condeúba, onde também foi muito bom.

Saí de lá com as melhores impressões; dos alunos, dos professores, do colégio, da administração, enfim, de todos.
Voltaria mil vezes, como eu disse (com gratidão) a um aluno de tão proveitoso que foi esse encontro.

Participou também deste evento, o bacharel em Direito, Leonardo Flores, que pode colaborar também em algumas fotografias.

 

Confira o vídeo integral da apresentação:

Leandro Flores é empossado como Membro Correspondente da Academia de Letras e Artes de Feira de Santana/BA

Leandro Flores, advogado, Jornalista, Sertanista, Poeta, Escritor, Editor de Livros (confira a bibliografia completa aqui) foi empossado como Membro Correspondente da Academia de Letras e Artes de Feira de Santana/BA.

O evento aconteceu no último dia 14 de março em Feira de Santana, durante “Abertura do Ano Acadêmico/2022”, da Academia Feirense. Leandro infelizmente não pode comparecer, mas a sua madrinha, a quem o indicou, Neuza de Brito Carneiro, recebeu o diploma em seu lugar.

“Eu fiquei muito honrado pela indicação da confreira Neusa, que além de amiga, é uma poeta que já participou de alguns projetos nossos. Portanto, uma parceira! Em relação à Academia, só posso agradecer pelo acolhimento, pela indicação e homenagem. É uma coroação, um reconhecimento pelos trabalhos que a gente faz, eu sei, mas eu nunca busquei isso. Nunca fiz nenhum esforço nesse sentido. Mas, pude perceber que a proposta da Academia de Letras e Artes de Feira de Santana é diferente das demais. E, através da indicação da confreira Neuza, tive esse acolhimento.  Portanto, aceito com muito grado, ser um membro correspondente da augusta academia, com a promessa de sempre honrar esse título. ” –  Afirmou Leandro.

Leandro foi indicado ainda em 2020, mas em razão da pandemia, a sessão de nomeação foi suspensa, dois anos depois, aconteceu o primeiro encontro presencial. O próximo será em 2023.

Foram nomeados ainda, como membros efetivos, Jaíde Santana de Siquera e Claudia dos Santos Gomes, e como membros correspondentes, além de Leandro, Marcelo de Oliveira Souza.

Houve também na programação, Lançamento de livros e antologias, Exposição “Figuras populares” (Luciano dos Anjos), recital poético e show musical – voz e violão – com Geni Van.

 

Confira algumas fotos:

 

Veja o video da entrega simbólica:

 

 

Fonte: blog Movimento Cultivista

Literatura em Guarulhos-SP: Programa Agentes de Leitura

Visitar recordações, lembranças pessoais e trabalhar com a criação da memória coletiva. Dentre as ações de fomento à leitura desenvolvidas por Danielle Carvalho da Silva Santos, jovem de 22 anos, bolsista do Programa Agentes de Leitura, estão as oficinas realizadas pelo Projeto Girassol, coletivo formado por mulheres em 2018 no bairro Vila Carmela, região de Bonsucesso, onde ela mora com seus pais.

O programa Agentes de Leitura é uma iniciativa da Secretaria Especial de Cultura do Governo Federal, em parceria com a Prefeitura de Guarulhos e a Secretaria de Cultura, que prevê a concessão de bolsas de complementação de renda a jovens com residência fixa no município.

Durante a primeira oficina, realizada no mês passado, Danielle abordou o tema Memórias e utilizou como recurso um varal de poesias. “As participantes deveriam escolher um poema que remetesse à sua história; depois, em voz alta, fazer a leitura e compartilhar o porquê de sua escolha”, explicou a jovem.

Para esse encontro, do qual participaram 10 mulheres, Danielle selecionou os textos O Mal e o Sofrimento, de Leandro Gomes de Barros; Casamento, de Adélia Prado, Simplesmente Sertão, de Leandro Flores, Poema sem nome, de Patativa do Assaré, Brisa, de Manuel Bandeira, Consolo na Praia, de Carlos Drummond de Andrade, e Poemas para saudosistas, de Anna Lara Souza.

Danielle conheceu o Projeto Girassol através de sua mãe, que também frequenta as oficinas oferecidas pelo espaço. Para além da possibilidade de inserir a leitura em um contexto de empoderamento feminino, a jovem observou a iniciativa como uma oportunidade de trabalho com atividades de fomento ao livro, à leitura e à literatura.

“Tem sido incrível, me colocou em contato de pessoas próximas, estamos trocando experiências. Sempre soube que a leitura era importante, mas não sabia que, em meio a um processo de aprendizagem, que ela podia ser verdadeiramente transformadora, pois essas atividades chegam mais rápido às pessoas”.

Fomentando a leitura em mim

Unir sua experiência da leitura com o teatro também tem sido, segundo a jovem, incrível. Danielle está no último semestre do curso de bacharel e licenciatura em Artes Cênicas da Faculdade Anhembi Morumbi.

Ela estudou nas oficinas do Teatro na Comunidade no Centro Municipal de Educação Adamastor e participou de criações bem interessantes que o grupo espalhou pela cidade durante o período de atuação, dentre elas a Mostra Teatro na Comunidade com o espetáculo Mundo Perfeito. É integrante da Cia Unó e atua como auxiliar de direção musical, coreografa e atriz no espetáculo Rubro. Danielle também é professora de Artes da rede estadual.

A jovem conta que decidiu participar do Programa Agentes de Leitura porque sempre quis se dedicar a atividades que pudessem transformar a sociedade.

“Meu intuito com as oficinas do Projeto Girassol é valorizar as histórias e vivências que essas mulheres possuem, entender o quanto elas são fortes e presentes na sociedade, muitas das quais já têm idade avançada, vieram da região nordeste do país, trabalham ou não, outras trabalham em casa, mas não têm esse trabalho reconhecido”.

O sucesso da primeira oficina com as participantes do Projeto Girassol foi tão grande que a segunda oficina, realizada no último dia 29, contou com um número ainda maior de mulheres. Danielle propôs o tema Estima, com um trabalho com a autoimagem, o cuidado, o elogio à outra e a si mesmo, com textos motivacionais e reflexivos ditos umas para as outras.

“Esse trabalho de transformação é diário, em cada atividade que faço, o texto que escolho, tudo causa um impacto nas pessoas que saem do encontro transformadas. Por isso as atividades têm uma característica sensível, para que as mulheres possam olhar para si, e o teatro ajuda nesses momentos de improvisação, as leituras fluidas encontram sentido naquilo que tem sido proposto”.

Projeto Girassol

As oficinas do Projeto Girassol acontecem quinzenalmente, às segundas-feiras, e têm como objetivo oferecer suporte, prestar atendimento e promover encontros sobre temáticas como empoderamento, autoestima e outras demandas do universo feminino.

“O trabalho da Dani no Girassol é muito especial e veio para somar com o projeto. Ela tem muito respeito pelo próximo e grande entusiasmo pelo que faz. O resultado desse trabalho com as meninas é bastante positivo, elas se envolvem com o encontro, com as leituras dos textos, dos poemas, se identificam com as situações, partilham e comentam, tudo acaba sendo uma rica troca de experiências entre todas nós”, conta Mauricélia Ventura da Silva, conhecida como Célia, de 53 anos, uma das idealizadoras do projeto.

Temáticas pertinentes à igualdade feminina, saúde e prevenção de doenças, delegacias especializadas, apoio psicológico, violência psicológica, moral ou sexual, homofobia, família, direitos humanos, direcionamento a outros profissionais quando necessário. Silvana Testa, cofundadora do projeto e psicóloga, conta que a equipe também se dedica a campanhas de arrecadação de alimentos, rodas de conversas, palestras, dinâmicas e aulas de violão.

“O projeto surgiu em parceria com a Célia. Antes de estarmos no nosso espaço, uma das participantes ofereceu sua casa para que as oficinas começassem a acontecer e, desde então, realizamos esses encontros quinzenalmente, sempre às 19h30”, explica Silvana, enfatizando que o grande sonho da equipe é ampliar o atendimento do projeto para outros públicos, além do feminino.

Além de Silvana e Célia, a equipe do projeto também é composta pela social media Nayuri Seyfarth e a psicóloga Camila Santos.

Apontando para o futuro, Danielle acredita que também deveria haver um projeto de cravos, um encontro de homens, que também precisam aprender a ouvir e juntos tentar lidar com um comportamento masculino estrutural, que é passado de geração para geração.

“Às vezes, as mudanças vão acontecer de pouquinho em pouquinho, e eu acho que é exatamente isso que o Projeto Girassol faz. Quando a gente junta essas mulheres e conversa sobre violência doméstica, que elas não podem aceitar essa situação, quando falamos sobre a questão da mulher no mercado de trabalho, ou de depressão, cuidado consigo mesma, isso desperta uma força nessa mulher, e se conseguirmos uma sociedade com mulheres mais fortes, que reconhecem o seu valor, a gente automaticamente incentiva uma sociedade mais igualitária, porque elas deixam de aceitar situações de violência”.

 

Para saber mais sobre o Projeto Girassol, acompanhe suas redes sociais no

Facebook (https://www.facebook.com/Projetogirassolong/) e

Instagram (https://instagram.com/girassol_project?utm_medium=copy_link).

 

Fonte: Portal Educação – Guarulhos

Mural de 23 metros estampa rosto de Marília Mendonça em São Paulo

A obra é de autoria dos artistas plásticos e grafiteiros Edy Hp e Paulo Terra. O trabalho começou no sábado (6) e ficou  pronto nesta terça-feira (9).

Marília Mendonça, de 26 anos, e mais quatro pessoas morreram na tarde desta sexta-feira (5) após a queda de um avião de pequeno porte perto de uma cachoeira na serra de Caratinga, interior de Minas Gerais.

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) confirmou que o avião bimotor atingiu um cabo de uma torre de distribuição da empresa, em Caratinga, antes de cair.

Considerada uma das artistas mais populares do sertanejo, ela liderou uma reviravolta feminina no gênero, que impôs mulheres como protagonistas do estilo até então dominado quase apenas por homens, a partir de 2016, no chamado feminejo.

Fonte: Portal G1

Paulo Freire ganha homenagem em mural em São Paulo

No dia que completaria 100 anos, o pedagogo Paulo Freire ganhou uma homenagem em São Paulo. Um enorme mural foi feito na lateral de um prédio na Avenida Pacaembu. A obra é de autoria do artista visual Raul Zito, com produção e assistência do coletivo Esperanzar.

O destaque fica para a participação direta da família de Freire no mural. Além da imagem do educador, há a frase: “Esperançar: amar é um ato de coragem”.

Em 2012, Freire passou ser considerado por lei como “Patrono da Educação Brasileira”. Seu trabalho é reconhecido em todo mundo e recebeu títulos em 41 instituições de ensino, incluindo Harvard, Cambridge e Oxford.

“Pedagogia do Oprimido” é um dos seus trabalhos mais famosos e defende o papel da educação no processo de conscientizar o povo e levá-lo ao senso crítico.

Fonte: cultura.uol.com.br/

 

Cantor Edésio Nascimento ganha na loteria pela segunda vez em três meses

Pela segunda vez em menos de três meses, o cantor Edésio Nascimento, conhecido como “Milionário do Brega”, ganhou na loteria. A mais recente aposta do sortudo, que é natural da cidade de Pinheiro, a 333 km de São Luís, foi em Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão, pela Lotofácil de Independência.

O sorteio especial do concurso ocorreu no último dia 11 de setembro, em São Paulo, e teve um total de 57 ganhadores espalhados por todo o Brasil que tiveram que dividir o prêmio estimado em R$ 150 milhões. Logo, cada aposta levou pra casa R$ 2.791.889,50.

Veja as dezenas sorteadas no concurso 2.320: 01 – 02 – 03 – 05 – 06 – 09 – 12 – 13 -15 – 17 – 21 – 22 – 23 – 24 – 25

Uma das 57 apostas vencedoras é de Edésio, que, na verdade, fez parte de um bolão de 50 cotas. Caso o prêmio seja dividido por valores iguais, cada apostador, incluindo o “Milionário do Brega”, deve faturar R$ 55.837,79. O curioso é que o maranhense já ganhado R$ 25 milhões na Quina de São João, em junho, em outro bolão.

Cerca de um mês após vencer o prêmio milionário, Edésio teve a casa assaltada. Durante a ação, objetos pessoais como joias e instrumentos musicais foram levados pelos criminosos. O prejuízo estimado, segundo a Polícia Civil, chegou a R$ 50 mil.

Fonte da informação: G1.globo.com

Mãe exclui contas da filha nas redes sociais com mais de 2 milhões de seguidores

Ela declarou que o mundo online e os mais de dois milhões de seguidores estavam influenciando a jovem de forma negativa

______________________________________________________________________________

Recentemente, um post de uma mãe, a médica Fernanda Rocha Kanner, viralizou. Na publicação, ela explica por que sua filha, Nina Rios, de 14 anos, não tem mais perfil nas redes sociais.

A adolescente já somava mais de dois milhões de seguidores e eles não entenderam o motivo da ausência da jovem. “Turminha teen, eu vou escrever aqui porque recebi muitos directs (…) Decidi apagar as contas dela. Chata, eu sei, mas nossa função como mãe não é ser amiguinha de vocês e isso vocês só vão entender em retrospectiva. Papo de tia. O carinho que vocês têm por ela é a coisa mais fofa mas eu não acho saudável nem para um adulto e muito menos para uma adolescente basear referências de autoconhecimento em feedback virtual”, escreveu Fernanda.

Além disso, a mãe reforçou que não considera esse tipo de envolvimento saudável. “Eram dezenas de fã clubes, tudo muito doce mas também prejudicial para qualquer adolescente em processo de descoberta e busca pela individualidade. Eu não quero que ela cresça acreditando que é esse personagem. (…) Não quero minha filha brilhante se prestando a dancinhas diárias como um babuíno treinado. Acho divertido… E mega insuficiente. Triste geração em que isso justifica fama”, acrescentou.

Fernanda declarou que quer incentivar a filha a viver uma vida offline sem que precise depender da aprovação das pessoas nas redes sociais REPRODUÇÃO / INSTAGRAM

A médica concluiu que é importante que os jovens entendam que a vida virtual não pode vir antes da real. “Saudade de quando precisava ter talento em alguma coisa para se destacar. (…) Não quero que ela se emocione com biscoitos (assim que fala?) e elogios. Nem que se abale com críticas de quem não conhece. A fã número um dela sou eu (…) Quando ela tiver conteúdo interessante para dividir ela pode voltar a ter conta. (…) A vida só presta quando se é feliz offline primeiro. Beijo da tia Fê”, finalizou.

Moda perigosa

Fernanda não está errada no que disse. Os jovens são influenciados a todo momento e nem sempre de forma positiva. Além dos vídeos das dancinhas como a médica mencionou, há outras atividades que viralizam e são bem perigosas.

A internet dita tendências e muitas são nocivas à vida das pessoas. A curiosidade pelos desafios da moda pode prejudicar muito o jovem. Uma nova “brincadeira” que circula e tem chamado atenção de especialistas e autoridades, por exemplo, incita o usuário a mudar de realidade.

O desafio #shiftingrealities ou, mudando a realidade em tradução livre para o português, “ensina” o usuário a entrar em outros “mundos”. Isso mesmo. Parece loucura, mas, nesse trend (tendência), os adolescentes compartilham métodos para que o jovem consiga visitar outros lugares e até “vidas”.

Há quem retrate que, após participar, sentiu alguém o tocando e até ouviu vozes. Outros declaram uma frustração por não ter conseguido sentir nada.

Os especialistas alertam que esse comportamento revela um desejo de escape, ou seja, de fugir da própria realidade e de conquistar visibilidade.

“Os jovens estão vivendo um momento que chamamos de exploratório e, ainda mais na pandemia, a internet se tornou um caminho para eles. Essa por exemplo é uma ‘brincadeira’ perigosa que pode causar danos emocionais. Por isso, os pais devem ficar muito atentos, monitorá-los desde a infância”, orienta a psicóloga Cláudia Gindre.

É preciso sempre conversar sobre os perigos desses desafios e, se preciso for, agir como a médica Fernanda Rocha Kanner, excluir as contas das redes sociais para incentivar o filho a viver uma vida offline, ou seja, a verdadeira realidade.

 

Fonte: REFLETINDO SOBRE A NOTÍCIA POR ANA CAROLINA CURY | Do R7

Obs. Não conseguimos identificar a autoria das imagens 

 

Copa América no SBT tem menor público da história e perde para a Globo

Nem mesmo a seleção brasileira foi capaz de tirar a Globo da liderança. A vitória de 3 a 0 do Brasil diante de uma enfraquecida Venezuela fez com que a amarelinha tivesse a sua partida com menor público em toda a história da Copa América. Na Grande São Paulo, região usada como referência para o mercado publicitário, o primeiro jogo do torneio foi assistido por pouco mais de dois milhões e 793 mil pessoas. Até então, a lanterninha era de um confronto de 2016 contra o Equador, assistido por três milhões e 956 mil pessoas, e de um Brasil x Venezuela, de 2011, visto por 1.164.720 domicílios na metrópole — ambos foram exibidos na Globo.

De acordo com os dados prévios, enquanto a bola rolava em Brasil versus Venezuela, o SBT alcançou média de 13,6 pontos, com um pico de 15,8 às 19h51 e foi sintonizado por 22 em cada 100 TVs ligadas na principal metrópole do país. Apesar de ter permanecido em segundo lugar durante todos os minutos, a partida da seleção brasileira fez a rede crescer 55% em apenas uma semana. No domingo anterior, a emissora de Silvio Santos marcou média de 8,8 pontos entre 18h02 e 19h54, com a exibição do programa de Eliana e do game show Roda a Roda.

A Globo, mesmo enfraquecida com a ausência de Fausto Silva, permaneceu na liderança de audiência durante a faixa horária. Durante a partida disputada no Estádio Mané Garrincha, o Domingão de Tiago Leifert cravou 16,4 pontos e teve um pico de 18,6 às 19h52. Ao todo, cerca de 575 mil e 55 pessoas separaram a programação habitual da emissora da partida transmitida pelo SBT. Em terceiro lugar, a Record ficou com 7,4 pontos.

Parceria Lance & IstoÉ

Levando em consideração também o pré e pós-jogo da rival, a vitória da Globo foi mais acachapante. Entre 17h36 e 19h59, a emissora teve 17,0 pontos contra 12,4 da transmissão comandada por Téo José. Mais uma vez, a Record garantiu o terceiro lugar, com 7,2 pontos, seguida por 1,2 da Cultura e por 1,0 ponto da Band, na quinta posição.

Na Grande São Paulo, cada ponto de audiência representa a sintonia de 76.555 domicílios e 205.377 pessoas na respectiva emissora. O TV Pop divulgará o resultado consolidado da estreia da Copa América do SBT e dos demais programas do final de semana na manhã desta segunda-feira (14).

Fonte: TV POP

Obs. Não conseguimos identificar a autoria das imagens 

 

Poeta Bráulio Bessa recebe alta após quatro dias de internação por Covid

662views

O poeta cearense Bráulio Bessa recebeu alta neste sábado (29) após quatro dias de internação por Covid-19, em Fortaleza. 

O artista testou positivo no dia 17 deste mês e precisou de um leito em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Em publicação divulgada nas redes sociais, a assessoria do poeta afirmou que ele teve melhoras significativas e continuará a recuperação em casa. A equipe também agradeceu o apoio dos fãs.

“Hoje, 29 de maio, temos a alegria de anunciar que, depois de quatro dias de internação em decorrência da Covid-19 e de melhoras constantes e significativas, Bráulio Bessa recebeu alta hospitalar e continuará a sua recuperação em casa. Agradecemos do fundo do coração por todas as orações, mensagens, energia e carinho de cada um de vocês durante esse período”, diz a nota.

*As informações são do portal G1/Ceará

Foto: Divulgação