Lançamento do livro ”O poetizar de um novo amanhecer” de Antônio Santana

Lançamento do livro ”O poetizar de um novo amanhecer” de Antônio Santana

Compartilhe à vontade!!!

Aconteceu, no último dia 26 de fevereiro, o lançamento do tão aguardado livro do poeta condeubense, Antônio da Cruz Santana, ”O poetizar de um novo amanhecer: a poesia mais perto de você.” O livro, que foi produzido pela editora Novos Sabores Publicações, inicialmente era para ser lançado em janeiro, mas devido ao aumento dos casos de COVID/19 teve que ser adiado.

Mas, enfim… aconteceu! Foi no salão nobre da Câmara Municipal de Condeúba e teve participação de autoridades locais, amigos, leitores, admiradores desse poeta que faz a poesia acontecer, independentemente de qualquer situação.

Santana é um poeta atuante. Está sempre produzindo os seus versos, seja de forma independente ou através de coletâneas. É coordenador do Movimento Cultivista Café com Poemas (mentoria Condeúba), no qual, é um líder incansável na busca do cultivo à poesia, à arte, a literatura.

”O poetizar de um novo amanhecer: a poesia mais perto de você” é o segundo livro de Antônio Santana, (O primeiro foi “O Tempo, o Vento e a Espera”) a ser lançado pela Editora Novos Sabores e tem o prefácio da professora Regina Célia N. V. Carvalho. Como diz a prefaciante: “O Poetizar de um novo amanhecer” é um livro que fala “do amor e da durabilidade desse amor; admiração pela mulher de todas as raças e de todas as cores, simplesmente mulher; da vida como ela é; da natureza; como um rio; da distância que nos separa; saudade que aperta, dói, machuca, mas que ajuda crescer; da amizade verdadeira; do dia e da noite e cantar a beleza da vida, mesmo com o coração carente;” Enfim, é um livro que traduz os diversos cenários que circundam o universo desse poeta que está sempre próximo de sua inspiração! Vale a pena conferir (Clique aqui para conhecer mais sobre essa obra!

Confira também o depoimento do professor Agnério Evangelista, autor do livro: “Condeúba, sua história, seu povo” (clique no link para conhecer a obra)

Parabenizo ao poeta Antônio Santana pelo lançamento de um novo livro de poesia. Já começou acertando no título: “O Poetizar de um Novo Amanhecer”. Meus parabéns. Mais uma boa obra para enriquecer nossa cultura local. Tive a honra de compor a mesa das celebridades especiais. Observo que o poeta está mais amadurecido e seus textos mais bem condensados e significativos. Belos poemas, dentre eles, destaco: “A vida é como”, recomendo sua leitura, pois é um texto reflexivo.  Nele, o poeta fala da vida humana nas suas luzes e sombras.

A vida é como o canto suave de um passarinho.  Trata-se da vida natural, tal qual, Deus nos deu a cada um de nós, devemos, portanto, valorizá-la. A vida é como chuva forte que cai sobre a terra, segue-se ainda o percurso natural das coisas e das benesses divinas.

A vida é como beijo que acontece sem paquera numa clara evidência do amor ágape e não platônico.  Da fartura na mesa sem pobreza e sem miséria, com a qual devemos ser solidários com os mais carentes.

O poeta dedica versos à preservação do Meio Ambiente, à floresta amazônica, à não proliferação de males e doenças e alerta para a falta de ação do Poder Público.

A responsabilidade sobre a vida na terra é de todos nós, porém as sombras da peste, da fome e da guerra continuam a nos perseguir. Estamos saindo de uma luta contra a covid-19, e o homem, inquieto, irracional já começa outra guerra pelo poder bélico.

E assim, o poeta aponta que a vida é complexa, cheia de males, decepções e alegrias. Encontramos no Criador, a força, a esperança para a felicidade.

 

 

Quer saber mais informações, visualizar as fotos do evento? Visite o blog Folha de Condeúba

Sobre o Autor

Café com Poemas administrator

Deixe uma resposta