Arquivo de tag Antonio Santana

Consciência Negra para quem?

DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA – É PRECISO OLHAR PARA O OUTRO COMO DIFERENTE SENDO IGUAL NO BRASIL.

No Brasil, continua-se reproduzindo a escravidão do passado com os negros e negras em diversos setores da sociedade nordestina, baiana e brasileira. É inadmissível que em tempos atuais, a população negra, sendo maioria, seja tratada com inferioridade com relação à população considerada ” branca” elitista no país. Infelizmente, ainda temos e não sabemos por quanto tempo, estatisticamente os piores índices de pobreza, de violência, de desemprego, de moradia, de igual oportunidade na arte, na cultura, na música, na literatura, na religião, nas universidades públicas, na televisão, no jornalismo, na política, bem como em outras áreas e espaços sociais desta mesma Sociedade racista, machista e preconceituosa a qual vivemos com pessoas que não nos aceitam como pessoas que são e pensam diferentes.

É inegável que  a [população negra] muito contribuiu e continua contribuindo em todos os aspectos para a História do Brasil, da América Latina e do Mundo. Não resta dúvida que o negro, continuará lutando e resistindo para que um dia possa vencer esta escravidão miserável, cruel e estrutural que persiste escondê-lo na sua própria história.

Por esta razão, reafirmo que o negro não precisa de elogios ou comemorações, mas sim, de oportunidade de condição para viver melhor e dignamente como qualquer pessoa na Sociedade brasileira. CONSCIÊNCIA NEGRA PARA QUEM?

Um grande abraço!

Antônio Santana – Professor, escritor e poeta.

Bahia, 20 de novembro de 2019.

 

 


Antonio Santana é também Coordenador do Mov. Café com Poemas em Condeúba/BA

Antônio da Cruz Santana nasceu na cidade de Saubara, na Região do Recôncavo Baiano, em 9 de abril de 1971. Em sua cidade natal, fez o curso primário, na Escola Estadual Professor Caio Moura, e o ginásio, no Centro Educacional Cenecista de Saubara.

 Leia mais…

Movimento do Café com Poemas em Condeúba realiza mais um encontro

330views

Foi realizado nesta noite de sábado dia 26 de outubro de 2019, mais um evento do Movimento Café com Poemas. Desta vez, o encontro foi no Salão Coluna Prestes no prédio da antiga Intendência.

O coordenador do Movimento Café com Poemas em Condeúba, o poeta Antônio Santana, fez a abertura do encontro com uma oração…

Em seguida, Santana agradeceu a todos pela presença e fez um relato sobre os objetivos deste movimento, que é proporcionar nos encontros, um pouco de distração para as pessoas, mostrar o quão é lindo uma poesia, um poema, enfim, a arte do recital, a conversa com as letras e pelas letras.

➤  Confira:

Sobre o Projeto

Manifesto ao Cultivismo

Nesse mesmo diapasão, o Poeta Santana deu-se início aos trabalhos recitando o Poema, “O homem; as viagens”, de autoria de Carlos Drummond de Andrade. Este poema é provocante e no recital de ontem não foi diferente, pois, os membros do movimento ali presentes, fizeram a mesma reflexão sobre o tema…

Dando prosseguimento aos trabalhos, foram sendo recitados poemas e poesias com diferentes autores e público ali presente.

Foi nessa pegada MAIÚSCULA, que aconteceu o encontro do “Movimento Café com Poemas”, na noite de ontem, ao término do encontro, ficou com o sabor de quero mais!!!

Fotos e Reportagem: Oclides da Silveira/JFC

Confira a reportagem completa e mais fotos no site JFC

Homenagem ao dia do Professor

4.8kviews

SER PROFESSOR

Ser professor é:
Acima de tudo um pai, um educador;
É ser um orientador, um construtor de sonhos,
Em meio a tantas dificuldades;
É um sonhador de uma sociedade mais justa
E humana para todos que nela habitam;
É ser um formador de caráter, de ideias e de opiniões;
É um ser que auxilia na formação de mestres e doutores,
Para o percurso da vida pessoal e profissional;
Ser professor é um dom, uma arte e o prazer de ensinar,
Aprendendo com os seus alunos no cotidiano da escola;
Ser professor é árduo mais é história;
Ser professor é um título nobre, uma profissão e um sacerdócio,
Gravado na memória de uma sociedade;
Ser professor é como a presença de um pai e de uma mãe
Orientando seus filhos no seio de uma escola;
Ser professor é ser um instrumento de libertação para salvar uma nação.

Antônio Santana,
Professor e poeta.

Siga-nos no Instagram Facebook